Saúde & Bem Estar

Outubro Rosa: um alerta para milhares de mulheres

Escrito por:Redação SO.U + Bem Estar |

Mês da conscientização do câncer de mama.

O Outubro Rosa é conhecido por significar o mês de uma campanha importante para a saúde de tantas mulheres: a conscientização do câncer de mama. De acordo com o Instituto Nacional de Câncer (INCA), para 2021, a previsão é que cerca de 66.280 novos casos possam surgir no Brasil até o final do ano. Os números alertam para a importância de tomar os cuidados necessários.

Ainda segundo o INCA, o câncer de mama é a principal causa de óbito feminino entre todos os tipos de câncer. O Instituto ainda afirma que a taxa de mortalidade dessa doença é de 14,23 mortes/ 100 mil mulheres.

Por isso, o mês de outubro é dedicado especialmente para a prevenção e tratamento de uma doença que é silenciosa e está presente no dia-a-dia de inúmeras brasileiras. A seguir, você poderá conferir mais informações a respeito da prevenção e autoexame.

O que é o câncer de mama?

O câncer de mama é uma doença responsável por causar anomalias na região mamária e é provocado por uma multiplicação tumultuada de células defeituosas. Essas unidades com crescimento desordenado formam um tumor — que poderá ser infiltrado em outras partes do organismo.

Além disso, existem algumas variações desse mal. Eles se diferenciam no local de desenvolvimento na mama e intensidade. Dessa forma, alguns se desenvolvem de forma acelerada e outros têm a sua evolução de forma mais lenta.

É importante pontuar que o câncer de mama não afeta apenas as mulheres. Os homens, apesar de só representarem uma pequena e rara fatia dos diagnósticos, também podem desenvolver essa doença.

Veja tambémAssimetria das Mamas. Mês da Escoliose

Como prevenir?

Uma dúvida que cerca a cabeça de muitas mulheres é sobre como prevenir o câncer de mama. E esse é o principal objetivo do câncer de mama: conscientizar.

Sobre a doença, é importante saber que existem fatores hereditários que, independentemente de hábitos, podem se manifestar em algumas mulheres.

Pensando nisso, de acordo com o INCA, existem alguns fatores que podem ajudar o seu organismo a não desenvolver uma patologia como essa. São eles:

  • alimentação saudável, com uma nutrição satisfatória;
  • atividades físicas regulares;
  • diminuição na gordura corporal e manutenção da mesma quando atinge níveis saudáveis;
  • evitar ou reduzir o consumo de bebidas alcoólicas;
  • amamentação

As indicações do Instituto são baseadas em fatos científicos. No relatório “Dieta, nutrição, atividade física e câncer: uma perspectiva global – um resumo do terceiro relatório de especialistas com uma perspectiva brasileira”, você pode conferir um dossiê com pesquisas que comprovam as indicações fornecidas pelo INCA.

Além da prevenção com essas estratégias citadas, o Outubro Rosa alerta para a importância do autoexame. Esse passo consiste, basicamente, em toques na região mamária. Essa investigação pode ser feita de forma individual, em casa, com o auxílio de um espelho.

No autoexame é importante para identificar possíveis alterações palpáveis nas mamas. confira a seguir alguns passos que podem te auxiliar na hora de fazer o exame.

Veja também: Mindfulness: cuidado com a mente

Durante o banho

Durante o banho, os passos para o autoexame são:

  1. o braço esquerdo ou direito deve ser levantado e colocado sobre a cabeça;
  2. com a mão livre examine a mama esquerda ou direita;
  3. análise devagar cada mama mas cuidado para não machucar, sempre utilize os dedos e a mão, não as unhas e pontas;
  4. você deve fazer círculos na sua averiguação, indo em todas as direções;
  5. repita os mesmos movimentos nas duas mamas, direita e esquerda.

No espelho

Já no espelho, siga as seguintes etapas:

  1. se posicione em frente a um espelho que possibilita a visualização das duas mamas;
  2. a primeira observação deve ser feita com os braços em repouso, observe as duas mamas e procure por alterações visíveis;
  3. posicione as mãos atrás da cabeça e fique atenta ao tamanho, forma e posição dos mamilos;
  4. busque por secreções, pressione de forma leve os mamilos para verificar se existe alguma eliminação de líquido;
  5. repita as dicas do autoexame durante o banho.

As dicas podem ajudar na hora da execução do exame, mas é incentivado que a mulher faça as verificações em momentos que esteja confortável, podendo ser no sofá da sala, na cama, no banho, o autoexame não precisa ter um momento específico.

Veja também: Lidando com a sobrecarga: dicas para mães

Como posso identificar os sintomas?

Agora que você entendeu a importância de realizar o autoexame, é momento de tender sobre a identificação dos sintomas. Assim, é ideal que o câncer de mama seja descoberto nos estágios iniciais. Então aqui estão alguns itens para ficar atentos no seu dia-a-dia. Os sintomas podem ser:

  • caroço que não se movimenta, geralmente não apresenta dor. E pode ser sentido em 90% dos casos percebidos pela mulher;
  • mama avermelhada, retraída ou com característica de casca de laranja;
  • alterações nos mamilos, podendo ser visível ou pela identificação de líquido anormal sendo expelido;
  • nódulos (caroços) na região da axila e pescoço.

Ao identificar esses sinais você deve procurar o seu médico de forma imediata para investigação dos sintomas e um possível diagnóstico.

A observação é um fator primordial para a identificação de uma possível anomalia, esse papel, que só pode ser desenvolvido pela mulher, é um aspecto fundamental na detecção precoce da condição.

O INCA desenvolveu uma cartilha para abordar a prevenção do câncer de mama. Você pode conferir mais informações clicando aqui.

Veja também: Congelamento de óvulos: 5 coisas que você precisa saber

Sobre o autor

Portal de Notícias sobre esporte, saúde, e bem-estar. Uma fonte de Informações a partir de pesquisas científicas nas áreas de ortopedia, medicina esportiva, fisioterapia e tratamentos coadjuvantes.

Dúvidas e Comentários

Espaço para que você possa deixar suas dúvidas e comentários, que serão respondidas pelos nossos Especialistas.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Dia Universal do Doador de sangue

A hematologista Dra. Maeva Seo Gomes Pinto Fonseca, fala a respeito da importância de ser um doador de sangue

Leia mais

A importância da Vacina no combate a covid 19 e outras doenças

O médico Marcelo Aun traz informações sobre as vacinas e a sua importância no combate a doenças diversas

Leia mais

Plantão #20 – Termografia: Verdades e Mitos

Especialista esclarece verdades e Mitos sobre Termografia e conta sobre os avanços e possibilidades que a tecnologia oferece.

Leia mais