Movimento

Atividade física para crianças: Entenda a importância

Escrito por:Redação SO.U + Bem Estar |

A especialista em medicina do esporte, Dra. Silvana Vertematti, pontua sobre os benefícios de manter uma rotina ativa ainda na infância

A infância é uma etapa de descobertas e desenvolvimento, tanto motor quanto cognitivo. Por isso, é importante que nessa fase a criança consiga alcançar um nível de progresso que seja satisfatório para a sua faixa etária e condições preexistentes.

Nesse contexto, a atividade física entra como um importante mecanismo para promover o desenvolvimento, controle de peso, interatividade social com outras crianças e previne lesões precoces. Uma infância mais ativa aumenta as chances de ter um adulto com rotinas frequentes de exercícios.

Assim, o primeiro passo é incentivar os filhos e filhas a praticarem atividades físicas, podendo começar até mesmo nas aulas de educação física na escola. É importante ressaltar que crianças precisam de uma rotina variada de atividades.

Para falar a respeito da importância de uma infância ativa, a Dra. Silvana Vertematti* traz informações sobre a prática de exercícios em uma fase tão crucial para o desenvolvimento humano. Confira a seguir!

Qual é a importância de manter uma rotina ativa com as crianças?

Conforme citado anteriormente, a formação de habilidades motoras estão entre os benefícios de se manter uma rotina saudável de exercícios. Além disso, a criação de uma memória física motora se dá durante o período da infância e adolescência.

“Para manter uma longevidade física saudável é importante que durante esta fase da vida eles mantenham atividades físicas ou esporte organizado e competitivo, mesclando os três grupos de exercícios com maior benefício para se criar uma espécie de poupança de saúde”, comenta a Dra. Silvana Vertematti.

Essa poupança de saúde não é nenhum fundo bancário onde poderá guardar dinheiro para emergências ligadas à saúde, na verdade ela é uma integração de um conjunto de atividades saudáveis como alimentação equilibrada e exercícios físicos.

A especialista criou uma lista de exercícios que podem ajudar as crianças a iniciarem a sua poupança de saúde desde a infância. Confira a seguir:

1.      Exercícios de força

São aqueles que usam o peso do próprio corpo do indivíduo. Podem ser desenvolvidos em modalidades diversas como luta e ginástica, assim como brincadeiras com componentes de escalada, por exemplo.

2.    Exercícios de flexibilidade:

Exercícios diversos podem usar e abusar da flexibilidade dos pequenos, as práticas comuns são dança, alongamento, entre outras.

3.    Exercícios aeróbicos:

Esses são aqueles que melhoram o componente cardiopulmonar. Eles aprimoram o condicionamento cardiopulmonar como um todo e também a performance na execução dos exercícios, fazendo com que haja uma maior tolerância ao esforço.

Veja também: Musculação na infância: entenda quais os riscos e benefícios da prática

A interação com a tecnologia é prejudicial para o desenvolvimento de brincadeiras mais ativas?

Com a inovação dos tempos atuais é possível perceber que a tecnologia vem conquistando cada vez mais espaço na vida de pessoas de todas as idades. Sendo assim, as crianças também têm um contato direto com celulares, computadores e videogames.

A princípio um contato controlado pelos pais com orientação médica não apresenta nenhum prejuízo no desenvolvimento da criança. No entanto, a Dra. Silvana Vertematti faz um alerta:

“Se a criança permanecer muito tempo em atividades neste contexto, ao invés de priorizar atividades físicas em locais abertos pode acarretar além de toda a perda dos benefícios de uma vida ativa, vícios posturais, ganho de peso, baixo desenvolvimento de ossos e músculos saudáveis que serão prejudiciais ao resto da vida”.

Ou seja, existe o ônus e o bonus nessa forma de interação. É necessário pontuar que a criança e sua família devem seguir as orientações diretas de profissionais especializados para que não prejudiquem o seu desenvolvimento.

Uma associação entre tecnologia e a execução de atividades físicas podem ser uma direção satisfatória a ser seguida, dessa forma, os dois hábitos podem coexistir de forma saudável e equilibrada.

Veja também: Crianças sedentárias = Doentes do futuro

Quais são os benefícios de manter a criança em uma rotina ativa de atividade física?

Com o hábito de praticar atividades físicas é possível prevenir doenças e melhorar a saúde dos que fazem uso dessa rotina. Em todas as idades, salvo complicações específicas, essa é uma prática que deve ser encorajada.

Além do desenvolvimento da criança também existem outros benefícios que são encorajados pela movimentação do corpo humano, confira a seguir:

  1. previne a obesidade;
  2. estimula a interação social com outras crianças;
  3. desenvolve a coordenação motora do indivíduo;
  4. cria uma rotina de hábitos saudáveis;
  5. incentiva o entendimento e o respeito às regras;
  6. promove a aceitação de derrotas;
  7. desenvolvimento saudável de músculos e ossos;
  8. ajuda no combate a quadros psicológicos como ansiedade e depressão;
  9. melhora quadros pulmonares como asma.

Por isso, uma rotina ligada a ações saudáveis promove prevenção ao “analfabetismo físico”, de acordo com a Dra. Silvana Vertematti.

“Esse vai ser o grande responsável pelo sedentarismo crônico na vida adulta. Responsável pelas doenças crônicas-degenerativas tão deletérias com repercussão catastrófica na população mundial”, afirma.

Dessa forma, o aprendizado não se limita a ler e escrever. Também é indispensável aprender a se movimentar de maneira correta para adquirir, cada vez mais, habilidades motoras com excelência em execução.

Veja também: Lesões de crianças no esporte

Existe alguma contraindicação de prática?

A prática de atividades físicas devem ser estimuladas dentro do ambiente familiar e escolar. Se possível, é indicado que os pais também mantenham uma rotina ativa para que seja um exemplo bem pontuado para os filhos.

Com uma influência positiva dentro de casa será mais simples estimular uma rotina saudável com a incorporação de atividades que exijam esforço físico. Poucas atividades não são indicadas para crianças e adolescentes, dentre elas estão levantamento de peso e exercícios com uma alta intensidade de execução.

“A musculação, supervisionada por profissional de educação física habilitado, com cargas e intensidades adequadas para cada idade e estágio de desenvolvimento físico e puberal, entra dentro do contexto dos exercícios de força com benefícios extraordinários tanto na manutenção da saúde como na prevenção de lesões esportivas”, contextualiza a médica.

Assim, como vimos, é importante manter uma rotina ativa incorporando atividades diversas para as crianças e adultos também. Essa movimentação é uma forma de prevenção e melhoria de vida, desenvolve áreas importantes na formação intelectual e física do indivíduo.

Veja também: É hora de descansar. Entenda a importância do repouso entre atividades físicas

*Dra. Silvana Vertematti,  Cardiologista Infantil e Médica do Exercício e do Esporte. Pós- graduada em Cardiologia Infantil e Cardiologia Esportiva pelo Dante Pazzanese e Santa Casa de São Paulo. Especialista em Medicina do Exercício e do Esporte e Pediatria pelas respectivas Sociedades Brasileiras. Mestranda em Ciências da Saúde Aplicadas ao Esporte e Atividade Física pela UNIFESP/ Escola Paulista de Medicina. Avaliação e seguimento clínicos em Medicina do Exercício e do Esporte para todas as idades com foco em: Prevenção de lesões, Manutenção de peso e Estilo de vida saudável, Prática Esportiva Segura. Atendimento Especializado e diferenciado para Crianças e Adolescentes que praticam atividades físicas e esportivas com foco em: Avaliação Clínica e Cardiológica específica para esta faixa etária, avaliação e acompanhamento do Crescimento e Desenvolvimento. | 11 5083-8222 | svertma@gmail.com | Rua Doutor Diogo de Faria, 892 – Vila Clementino – São Paulo – SP.

Sobre o autor

Portal de Notícias sobre esporte, saúde, e bem-estar. Uma fonte de Informações a partir de pesquisas científicas nas áreas de ortopedia, medicina esportiva, fisioterapia e tratamentos coadjuvantes.

Dúvidas e Comentários

Espaço para que você possa deixar suas dúvidas e comentários, que serão respondidas pelos nossos Especialistas.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Dia Universal do Doador de sangue

A hematologista Dra. Maeva Seo Gomes Pinto Fonseca, fala a respeito da importância de ser um doador de sangue

Leia mais

A importância da Vacina no combate a covid 19 e outras doenças

O médico Marcelo Aun traz informações sobre as vacinas e a sua importância no combate a doenças diversas

Leia mais

Plantão #20 – Termografia: Verdades e Mitos

Especialista esclarece verdades e Mitos sobre Termografia e conta sobre os avanços e possibilidades que a tecnologia oferece.

Leia mais