Alimentação & Nutrição

5 dicas para manter uma alimentação saudável

Escrito por:Redação SO.U + Bem Estar |

Confira 5 dicas imperdíveis para manter uma alimentação saudável.

A busca por uma alimentação e estilo de vida mais saudável cresce em meio a necessidade de manter corpo e mente funcionando corretamente mesmo diante de rotinas tão corridas. Por outro lado, a falta de tempo muitas vezes contribui para as pessoas optarem por refeições mais rápidas e sem tanta preocupação com a qualidade nutricional dos alimentos ingeridos.

Encontrar uma forma de se alimentar bem dentro deste contexto é essencial para uma qualidade de vida a curto, médio e longo prazo, entendendo que a alimentação vai além de “saciar a fome” e envolve também disposição e bem estar.

Neste artigo, você confere 5 dicas para manter uma alimentação saudável. Por mais desafiador que possa parecer, é algo simples e prático. Acompanhe a leitura!

Por que ter uma alimentação saudável é importante?

A alimentação é a base para o bom funcionamento do corpo. Por meio dela, são adquiridos os nutrientes necessários para o organismo ter um melhor desempenho.

Quando o corpo não está nutrido corretamente, há reações químicas e biológicas que não acontecem da maneira necessária, causando desde disfunções no corpo até doenças.

Com uma alimentação saudável, é possível suprir as necessidades do equilíbrio na alimentação também pode melhorar o desempenho físico e mental, aumentando a concentração, a clareza mental e a disposição geral.

Dessa forma, quando a rotina alimentar está equilibrada é possível evitar problemas como:

  • Doenças cardiovasculares;
  • Obesidade;
  • Diabetes;
  • Doenças gastrointestinais;
  • Dificuldade para dormir;
  • Baixa concentração;
  • Queda na imunidade.

Veja também: Reeducação Alimentar: Como começar?

Como ter uma alimentação saúdavel e equilibrada?

Quando falamos sobre uma alimentação equilibrada, muitas pessoas acreditam ser impossível incorporar a rotina alimentar mais saudável.

Às vezes isso acontece porque não queremos abrir mão de determinados alimentos que gostamos de comer ou mesmo porque inserir frutas e verduras na alimentação pode ser um grande desafio a depender do paladar.

Contudo, ter uma alimentação saudável não deve ser motivo de sofrimento! Pelo contrário, nos alimentarmos melhor precisa ser algo prazeroso, principalmente pelos bons resultados trazidos para a vida.

A alimentação equilibrada é sobre escolher alimentos saudáveis e garantir a ingestão adequada dos nutrientes. Sim, é uma escolha.

Por isso, exige esforço e determinação para manter uma rotina alimentar equilibrada, entendendo as necessidades individuais e adaptando os alimentos de acordo com a realidade de cada um.

5 dicas para manter uma alimentação saudável

5 dicas para manter uma alimentação saudável

Se você chegou até aqui, já sabe a importância de se alimentar melhor para garantir o funcionamento correto do seu corpo, incluindo a prevenção de doenças, a melhoria no sono e mais disposição para realizar suas tarefas.

Agora, para provar que a alimentação equilibrada não é um bicho de sete cabeças, separamos 5 dicas para você se alimentar de maneira saudável. Confira:

1.      Consuma uma variedade de alimentos

Os grupos alimentares fornecem diferentes nutrientes essenciais para o organismo, por alimentos como frutas, vegetais, grãos integrais, proteínas magras — como peixes, aves e legumes —, laticínios com baixo teor de gordura ou alternativas vegetais, e gorduras saudáveis — como abacate, nozes e azeite de oliva.

Lembre-se, o ideal é ingerir alimentos naturais. Evite abusar dos industrializados e altamente processados, pois eles podem conter doses elevadas de açúcar, sódio, gorduras saturadas e conservantes químicos colocando a saúde do corpo em risco.

2.      Beba bastante água

A hidratação adequada é essencial para uma boa saúde. A água ajuda na digestão, absorção de nutrientes, regulação da temperatura corporal e função geral do corpo. Não existe uma quantidade mínima padrão, pois cada pessoa precisa de uma quantidade de acordo com suas características físicas, como o peso, mas deve ser ingerido pelo menos 30 ml de água por cada quilo.

Você não precisa beber litros de água uma única vez. Ande sempre com uma garrafinha e beba pequenos goles ao longo do seu dia, repondo a quantidade de água quando necessário.

3.      Aprenda a ler rótulos

Muitas vezes sequer sabemos o que temos ingerido pois não paramos para ler os rótulos dos alimentos e entender a composição deles. Para ter um melhor conhecimento ao comprar produtos industrializados, aprenda a ler os rótulos e saiba se o alimento é realmente uma boa opção.

Uma dica para começar é: na tabela nutricional os primeiros ingredientes estão presentes em maior quantidade e os últimos têm menor quantidade. Ou seja, se açúcar ou sódio aparecem nas primeiras posições, pode ser interessante evitar esse alimento. Assim como, ao comprar produtos ditos como integrais, análise se a farinha de trigo integral aparece em primeiro lugar na lista.

4.      Faça substituições

Para se alimentar melhor, as substituições são inevitáveis. Trocar alimentos gordurosos por opções mais leves é uma forma de ter uma alimentação mais equilibrada.

Caso você queira comer um hambúrguer, por exemplo, no lugar de consumir um industrializado, você pode escolher um corte magro de carne e fazer seu próprio hambúrguer em casa. A mesma ideia vale para a troca por alimentos integrais, mais ricos em fibras e nutrientes.

5.      Evite as restrições

Algumas pessoas encontram dificuldade para se alimentarem de maneira saudável porque acreditam ser necessário fazer dietas completamente restritivas e parar de comer qualquer outro alimento que não seja fruta e verdura.

Mas não é bem assim. Uma alimentação saudável não deve ser uma prisão ou algo pesaroso, por isso o equilíbrio é o caminho a ser seguido.

Isso significa que você ainda pode comer pizza, chocolate, hambúrgueres, e outros alimentos tidos como vilões. Eles ainda vão fazer parte da sua alimentação, mas não podem ser a maioria dela.

Com uma alimentação saudável rotineiramente, vão existir momentos para você comer estes outros alimentos, eles só não vão fazer parte do seu dia a dia. E, caso façam, devem ser ingeridos em quantidades pequenas.

O acompanhamento de um profissional é importante para atingir esse equilíbrio. Ele dará uma melhor orientação nutricional baseada nas suas necessidades específicas. Além disso, é importante lembrar que uma alimentação saudável é apenas um aspecto do estilo de vida saudável.

A prática regular de atividade física, o gerenciamento do estresse e outros hábitos saudáveis também desempenham um papel fundamental na prevenção de doenças e na promoção da saúde.

Veja também: Alimentação Saudável: O que é? Dicas e erros frequentes

Sobre o autor

Portal de Notícias sobre esporte, saúde, e bem-estar. Uma fonte de Informações a partir de pesquisas científicas nas áreas de ortopedia, medicina esportiva, fisioterapia e tratamentos coadjuvantes.

Veja também

Pesquisa da Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular revela aumento de óbitos por AVC em relação ao IAM

O AVC é uma das principais causas de morte no mundo.

Leia mais

Anualmente, 40% das pessoas idosas sofrem quedas

Idade avançada é sinal de alerta para fratura vertebral

Leia mais

Dia do Homem: Urologista explica importância de tratamento inovador para problemas na próstata

Seis em cada 10 homens no Brasil só procuram um médico quando os sintomas estão insuportávei

Leia mais