Ortopedia

Dor no joelho e condromalácia patelar

Escrito por:Dr. Pedro Baches Jorge | 3 minutos de leitura

Condromalácia patelar é o nome dado à dor que as pessoas sentem na região da frente do joelho

Trata-se de um assunto muito comum no atendimento em consultórios e que ainda gera muita dúvida: é a famosa Condromalácia Patelar. Nome feio, difícil, mas muito famoso. Todo mundo escuta ou conhece alguém que tem ou já teve condromalácia.

Costumo dizer que se atendo 20 pessoas num dia, 15 têm sobrecarga anterior, por causa de condromalácia.

O que é

A patela, ou a antiga rótula do joelho, é um osso preso por tendões. Estendendo-se da patela para cima está o tendão do quadríceps, que é o fim do músculo da coxa. No sentido contrário, para baixo, está o tendão patelar. Quando dobramos e esticamos o joelho, a patela se mexe, para cima e para baixo, deslizando no fêmur, em uma área que parece uma calha.

A condromalácia, então, é uma sobrecarga, uma inflamação nessa porção anterior do joelho. É o comecinho de lesão da cartilagem da patela, dessa parte que desliza no fêmur.

O que causa

É causada basicamente por desequilíbrio muscular que ocorre durante ou após atividades em que há muito movimento do joelho, como a corrida e o ciclismo. É um fato muito importante, que todo mundo deveria saber. A patela é controlada pelo quadríceps, ou seja, o músculo da coxa controla a patela. O fêmur, por onde a patela desliza, é controlado pelos glúteos. Então, se há um desequilíbrio entre as musculaturas da coxa e glútea, a patela vai se mover de uma maneira e o fêmur de outra. Só que eles têm uma íntima relação. Se essa relação não está perfeita, o fêmur acaba machucando a patela e a sua cartilagem, provocando uma dor anterior no joelho.

Então, isso é a condromalácia. Na maioria das vezes provém de um desequilíbrio muscular.

Tratamento

Há muito remédio, e também infiltração, que podem ser utilizadas para tratar a condromalácia. Mas lançar mão de tratamento medicamentoso ou com infiltração sem promover o equilíbrio muscular adequado, não se estará combatendo a causa.

Então, salvo se o paciente tiver alguma lesão ou algum tipo deformidade, o tratamento conservador se dá por meio do reequilíbrio muscular. Por isso, é bom bater nesta tecla:  o fortalecimento de glúteo e coxa faz o joelho funcionar melhor. É algo que depende demais disso.

Sobre o autor

Médico Ortopedista, especializado em Joelho e Medicina do Esporte. Fundador do Núcleo de Medicina do Esporte do Hospital Sírio Libanês e Membro do Grupo de Trauma Esportivo da Santa Casa de São Paulo. Diretor Científico da Sociedade Brasileira de Artroscopia e Trauma do Esporte (SBRATE) e Membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia do Joelho (SBCJ) Clínica SO.U – Unidade Bela Vista R. Barata Ribeiro, 398 - 3º andar - Bela Vista, São Paulo - SP, 01308-000 Tel.: +55 (11) 3258-1706 http://www.clinicasou.com.br

Dúvidas e Comentários

Espaço para que você possa deixar suas dúvidas e comentários, que serão respondidas pelos nossos Especialistas.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Dia Universal do Doador de sangue

A hematologista Dra. Maeva Seo Gomes Pinto Fonseca, fala a respeito da importância de ser um doador de sangue

Leia mais

A importância da Vacina no combate a covid 19 e outras doenças

O médico Marcelo Aun traz informações sobre as vacinas e a sua importância no combate a doenças diversas

Leia mais

Plantão #20 – Termografia: Verdades e Mitos

Especialista esclarece verdades e Mitos sobre Termografia e conta sobre os avanços e possibilidades que a tecnologia oferece.

Leia mais