Saúde Mental

Saiba o que é TAB : Doença que afastou o cantor Lucas Lucco dos palcos

Escrito por:Redação SO.U + Bem Estar |

Conversamos com a psicanalista Elizandra Souza sobre TAB - transtorno afetivo bipolar, doença que afastou Lucas Lucco dos palcos

O que é TAB?

A sigla TAB refere-se ao Transtorno Afetivo Bipolar. É uma condição mental caracterizada por mudanças extremas de humor, que incluem episódios de mania (euforia intensa) e depressão.

O tratamento geralmente envolve medicamentos estabilizadores de humor, psicoterapia e, em alguns casos, suporte psiquiátrico contínuo para gerenciar os sintomas. A abordagem específica varia de acordo com a gravidade e a natureza dos episódios em cada pessoa. É essencial buscar orientação profissional para um plano de tratamento personalizado.

Como identificar a doença?

Alguns sinais comuns incluem mudanças de humor extremas, energia elevada, falta de sono durante episódios maníacos e sentimentos persistentes de tristeza ou desespero durante episódios depressivos.

Flutuações acentuadas no desempenho escolar ou profissional, dificuldade de concentração e impulsividade também podem ser indicativos. No entanto, apenas um profissional de saúde mental pode diagnosticar o TAB com precisão após avaliação clínica.

Se você ou alguém que você conhece apresentar esses sintomas, é recomendável procurar a orientação de um profissional de saúde.

Saiba o que é TAB Doença que afastou o cantor Lucas Lucco dos palcos

©AndreyPopov de Getty Images via Canva.com

Como tratar a doença?

O tratamento do Transtorno Afetivo Bipolar geralmente envolve uma abordagem multifacetada. O uso de medicamentos estabilizadores de humor, como lítio ou anticonvulsivantes, é comum para gerenciar os episódios maníacos e depressivos.

A psicanálise entraria como aprofundamento das questões subjetivas, ou seja, para maior compreensão e ampliação do conhecimento de si. Saber por que e onde vem esse tipo de expressão. O que causa essa manifestação, quais os mecanismos internos e externos que afetam e influenciam no aparecimento e como é possível lidar com ela até se existe a possibilidade do desaparecimento desse sofrimento.

Mas lembrando que a psicanálise não simplesmente trabalhar com a eliminação do sintoma, mas com o entendimento de seu aparecimento e significado. Outra forma, um pouca mais imediata de lidar com os sintomas do TAB é a terapia cognitivo-comportamental (TCC).

Aqui estão algumas maneiras pelas quais a TCC pode ser benéfica:

  1. Identificação de Padrões de Pensamento: Ajuda a pessoa a reconhecer padrões de pensamento negativos ou disfuncionais que podem contribuir para episódios de mania ou depressão.
  2. Desenvolvimento de Estratégias de Enfrentamento: Ensina habilidades para lidar com os desafios associados ao TAB, ajudando a pessoa a desenvolver estratégias saudáveis de enfrentamento em resposta a situações desencadeantes.
  3. Gerenciamento de Estresse: Foca em técnicas para gerenciar o estresse, já que o estresse pode desencadear ou agravar episódios de TAB.
  4. Estabelecimento de Rotinas e Hábitos Saudáveis: Ajuda a criar e manter rotinas diárias consistentes, incluindo sono regular, exercícios físicos e alimentação balanceada, o que pode ser crucial para estabilizar o humor.
  5. Prevenção de Recaídas: Fornece ferramentas para reconhecer sinais precoces de recaída e estratégias para evitar a escalada dos sintomas.

A TCC é muitas vezes usada em combinação com medicamentos e outras abordagens terapêuticas para fornecer um tratamento abrangente para o TAB, visando melhorar a qualidade de vida e promover a estabilidade emocional.

A doença pode levar ao afastamento do trabalho?

Sim, o Transtorno Afetivo Bipolar (TAB) pode impactar significativamente a capacidade de uma pessoa para realizar suas atividades diárias, incluindo o trabalho. Os episódios de mania podem levar a comportamentos impulsivos e falta de concentração, enquanto os episódios depressivos podem resultar em baixa energia e motivação.

Essas flutuações extremas de humor podem interferir no desempenho profissional e nas relações no local de trabalho. Em alguns casos, o TAB pode levar ao afastamento temporário ou permanente do trabalho, especialmente se não for adequadamente tratado.

É importante que as pessoas com TAB busquem apoio profissional para gerenciar a condição e colaborar com seus empregadores para encontrar estratégias que possam facilitar o equilíbrio entre o trabalho e a saúde mental. Algumas jurisdições oferecem proteções legais no emprego para pessoas com condições de saúde mental, visando garantir tratamento justo no ambiente de trabalho.

Veja também: Excesso de bom humor pode ser um problema

Sobre o autor

Portal de Notícias sobre esporte, saúde, e bem-estar. Uma fonte de Informações a partir de pesquisas científicas nas áreas de ortopedia, medicina esportiva, fisioterapia e tratamentos coadjuvantes.

Dúvidas e Comentários

Espaço para que você possa deixar suas dúvidas e comentários, que serão respondidas pelos nossos Especialistas.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Quadro Psicótico Agudo: Entenda o que é e quais os principais sintomas

Psicólogo esclarece sobre condição que fez Vanessa Lopes desistir do BBB24

Leia mais

Dia do Combate ao Alcoolismo: Psicólogo alerta sobre a doença

Saiba como lidar com o álcool de maneira cuidadosa

Leia mais

Dá para treinar em dias quentes?

Com temperaturas acima do normal é preciso tomar alguns cuidados antes, durante e depois das práticas esportivas. Confira dicas para não deixar de se exercitar sem prejudicar a saúde

Leia mais