EstéticaSaúde & Bem Estar

Qual a importância da Saúde bucal?

Escrito por:Redação SO.U + Bem Estar |

Com a saúde bucal em dia evitamos doenças como: cáries, gengivite, halitose e etc.

Importância de uma boa Saúde Bucal

A boca é um abrigo para bactérias, fungos e outros microrganismos. Por conta disso, é indicado que se mantenha a sua saúde bucal em dia, isso quer dizer que é importante estar atento à escovação, o uso indispensável do fio dental e o que você consome também influencia na sua mucosa bucal.

Ter uma higiene bucal incorreta acarretará prejuízos para a saúde, já que ela começa pela boca, como já diria o conhecimento popular. Além disso, a questão estética pode ser influenciada, impactando a sua autoestima.

Neste artigo você entenderá mais a respeito da importância de manter a saúde bucal, como fazer uma higienização apropriada e a influência dela na qualidade de vida. Está pronto para aprender sobre saúde bucal?

Siga a leitura!

Como fazer uma higiene bucal adequada?

A saúde da boca começa com a higienização correta. Manter uma rotina de escovação diária, com a utilização de fio dental, é essencial para manter a região saudável. Mas você sabe o jeito certo de escovar a região da boca?

Ao contrário do que muitos pensam, a escovação não deve acontecer apenas na região dos dentes. Ela deve se estender à língua, à parte interna das bochechas e às gengivas. Contudo, é necessário ter atenção: a escovação não deve causar dor e nem ferimentos.

As cerdas da escova devem ser macias e regulares, acompanhadas de uma porção de pasta de dente com flúor. Esse rito deve ser seguido, pelo menos, duas vezes ao dia, principalmente durante o período da noite.

Um aliado importante para essa rotina é o fio dental. Ele deve ser um companheiro inseparável da sua escova de dentes. Ao passar o fio, você deve estar atento para que ele atinja as duas laterais entre cada par de dentes.

Um ponto importante é: o fio dental não deve passar apenas no meio dos dentes, ele tem que fazer um movimento para promover a raspagem de sujeira. Com isso, ele elimina possíveis pontos de contaminação que podem permanecer entre os dentes e a gengiva.

O hábito, além de prevenir o aparecimento de cáries, tártaro e doenças, promove a eliminação de bactérias que causam mau hálito. Esse movimento promove o afastamento de possíveis placas bacterianas.

Importância da saude bucal

Quais são as doenças que podem ser causadas por uma má higienização?

Como você já aprendeu, ao fazer uma má higienização, você cria um ambiente propício para o aparecimento de bactérias que podem ser altamente prejudiciais para a sua saúde bucal. Elas ainda podem afetar outras áreas do organismo, causando infecções que afetam o corpo todo.

Cárie dentária

A cárie dentária é causada por uma série de bactérias que tem como alvo principal o dente. Esses microrganismos começam a sua infiltração pelo esmalte dentário, causando uma desmineralização. As bactérias, nesse contexto, tem uma alimentação baseada no açúcar.

Os prejuízos causados por essas bactérias são motivados por um ácido produzido por elas e que é responsável pela deterioração do dente. Além de atingir a parte estética, isso pode ocasionar dor.

Gengivite

A gengivite é uma inflamação que pode ser prejudicada pelo surgimento de placa bacteriana — película que, quando endurecida, torna-se de difícil remoção — e tártaro, também conhecido como cálculo dental.

Ter vermelhidão além do normal na gengiva, inchaço, sangramentos, durante a escovação ou mesmo utilizando o fio dental, podem ser sinais de alerta. Se você identificar esses sintomas, vá a um dentista para realizar o tratamento adequado.

Para prevenir, é necessário manter uma rotina de higiene bucal saudável, com uma escovação regular. O fio dental também não pode ser esquecido.

Periodontite

Pode-se dizer que esta é a evolução da gengivite não tratada. A periodontite é uma inflamação grave que pode afetar a sustentação dos dentes, incluindo a gengiva, osso e ainda o ligamento periodontal. A falta de higienização acarreta danos ao tecido periodontal.

A periodontite divide os mesmos sintomas que a gengivite. Em adição a isso, pode ocorrer uma retração gengival e mobilidade dentária. A consequência de não tratar a condição é a perda dos dentes.

Identificando esses sintomas, busque um dentista no menor tempo possível. Dessa forma, você pode buscar tratamento e tentar reverter o quadro e manter todos os seus dentes intactos e dentro da sua boca.

Infecções dentárias

Quando acontece a penetração de bactérias nos dentes por meio de uma cavidade específica ou mesmo uma fratura no dente, é possível que uma infecção dentária tenha início. Essa contaminação pode causar dor, sensibilidade e inchaço.

A infecção tem um grau de seriedade alto, devendo, em certos casos, ser tratada com a administração de remédios fortes dentro do grupo de antibióticos.

Halitose

O mau hálito é uma condição desagravável que pode gerar constrangimentos em diversos ambientes. A halitose pode ser causada por uma má higienização da boca, fazendo com que as bactérias possam se alojar e produzir um cheiro característico.

A placa bacteriana, além dos dentes, pode se alojar na língua, gengivas e bochechas. Para além da boca, existem outros fatores que contribuem para o mau hálito, como alimentos com cheiro marcante, fumaça, doenças no sistema digestório, dentre outros.

A saúde bucal está relacionada à saúde geral do corpo?

O corpo humano funciona como um ecossistema balanceado, em que todas as áreas devem estar em harmonia. Quando existe um desequilíbrio em uma determinada região, e quando este não é tratado de imediato, é possível que essa infecção seja direcionada também para outras localidades.

Por ser um ambiente com alta propensão à entrada de bactérias e corpos estranhos, é possível que infecções e outras doenças se instalem, causando prejuízo à sua saúde. Nos casos em que o paciente tem doenças preexistentes, como diabetes, pode haver um agravamento da mesma.

A saúde bucal pode contribuir para uma melhoria na autoestima?

Ter uma boa saúde bucal, com dentes, gengivas, bochechas e língua sem infecções, é essencial para manter a estética da sua boca. O sorriso está ligado diretamente à autoestima da pessoa e, quando ele está sendo cuidado de forma precária, isso reflete no emocional.

Com uma rotina de higienização correta, é possível falar com mais confiança e ter conforto na hora de comer alimentos, bebendo líquidos gelados e quentes sem dor. Muito mais do que uma imagem agradável, é a funcionalidade daquela região.

A alimentação é facilitada por toda a região que compõe a boca, sendo um aspecto primordial para incentivar à manutenção da sua saúde.

Como manter uma rotina saudável para a região da boca?

Para manter um hábito saudável você deve estabelecer uma rotina. Nesse sentido, é possível escolher o cronograma de higienização de acordo com o seu tempo, desde o período da manhã até o seu último turno acordado.

Entretanto, você deve buscar cumprir as indicações a seguir:

  • faça uma visita ao dentista a cada seis meses para avaliação geral e limpeza profissional;
  • fique atento para qualquer sinal que fuja da normalidade, busque um dentista caso seja identificada alguma anomalia;
  • esteja de forma mais frequente no dentista se você for criança, adolescente ou idoso;
  • agende a sua escovação para, no mínimo, duas vezes ao dia. Pelo menos uma delas deve ser antes de dormir;
  • use fio dental é indispensável;
  • informe ao seu dentista se estiver grávida, existem problemas que podem afetar a mulher quando está gestante.

Manter uma rotina saudável para a região da boca é um movimento fundamental para ser possível garantir de forma concreta a saúde da região e do corpo de maneira geral. Quando se estabelece uma rotina, você está agindo para prevenir um possível problema e não para tratá-lo.

Em suma, essa ação pode proporcionar uma economia na saúde e no bolso, já que a prevenção é mais fácil do que um tratamento com medicamentos e visitas constantes ao dentista.

Não trate a sua saúde com desdém, esteja sempre pronto para buscar um atendimento de qualidade com profissionais qualificados para atender de forma correta.

Veja também: Cirurgia ortognática: O que é e quando é indicada?

Sobre o autor

Portal de Notícias sobre esporte, saúde, e bem-estar. Uma fonte de Informações a partir de pesquisas científicas nas áreas de ortopedia, medicina esportiva, fisioterapia e tratamentos coadjuvantes.

Veja também

Importância de cuidar da saúde e evitar doenças

Especialista explica a importância de cuidar da saúde e evitar doenças e falta de qualidade de vida

Leia mais

Lipedema: No mês de conscientização a SBACV reforça o cuidado vascular da mulher

Condição que acomete 10% da população feminina acende alerta sobre importância da informação e consultas com especialistas adequados

Leia mais

Riscos da divulgação de “antes e depois” de procedimentos estéticos

Cirurgião plástico Josué Montedonio adverte sobre riscos da divulgação de "antes e depois" de procedimentos estéticos

Leia mais