Estética

Jet bronze: técnica saudável de bronzeamento vira febre e ganha adeptos em São José dos Campos

Escrito por:Redação SO.U + Bem Estar |

Tendências de vida ao ar livre levam joseenses a buscarem mais bronzeado

Com a temporada de verão se aproximando rapidamente, os entusiastas do bronzeado buscam maneiras mais saudáveis de obter aquele brilho dourado desejado. Uma técnica que tem ganhado adeptos é o jato de bronze (jet bronze), uma alternativa segura e eficaz ao bronzeamento artificial tradicional. Maria Carvalho, especialista no assunto em São José dos Campos, compartilha sua experiência e dá dicas sobre esta técnica revolucionária.

A técnica de bronzeamento utiliza uma fina névoa de solução autobronzeadora aplicada uniformemente sobre a pele por meio de um jato de ar. Diferentemente dos métodos tradicionais que envolvem exposição à luz artificial, o jato de bronze é composto por ingredientes seguros para a pele, sem os riscos associados à radiação ultravioleta.

Maria Carvalho, especialista no jato de bronze, afirma: “Esta técnica representa uma mudança significativa na maneira como percebemos o bronzeamento. Ao contrário dos métodos convencionais que podem causar danos à pele, ele oferece um bronzeado saudável, sem os perigos associados à exposição prolongada à luz solar ou câmaras de bronzeamento.”

Jet bronze técnica saudável de bronzeamento vira febre e ganha adeptos em São José dos Campos

©Rido via Canva.com

Por que jato de bronze é saudável?

O jato de bronze é formulado com ingredientes como a di-hidroxiacetona (DHA), um composto seguro que reage com a camada superior da pele para proporcionar um bronzeado temporário e natural. Esta abordagem não apenas evita os riscos associados à exposição aos raios UV, como também permite um controle preciso sobre a intensidade do bronzeado desejado.

O tempo de aplicação do produto no corpo inteiro é de vinte minutos e a secagem em torno de dez minutos, que podem variar conforme a humidade relativa do ar. A cor do bronzeado inicia após três horas da aplicação do produto e se intensifica até a sétima hora, e o resultado pode variar em função da composição da pele.

Como a reação ocorre na camada superficial da pele, o bronzeado sai com a renovação celular e perda das células mortas. Dependendo do tipo de pele e os cuidados pós-bronze, o tempo de permanência do bronzeado é variável, e pode durar até dez dias. Peles ressecadas descamam mais e tendem a perder mais rapidamente o bronzeado, uma pele hidratada mantém o bronzeado por mais tempo.

Riscos das Técnicas de Bronzeamento Artificial com Luz

Ao contrário do jato de bronze, as técnicas de bronzeamento artificial que envolvem luz ultravioleta, seja natural ou artificial, apresentam riscos significativos para a saúde da pele. A exposição excessiva aos raios UV pode levar ao envelhecimento prematuro, danos celulares e aumentar o risco de câncer de pele.

Veja também: Saúde íntima no verão: evite problemas com roupas molhadas na praia e piscina

Fonte: Maria Carvalho é uma especialista em bronzeamento saudável com anos de experiência no ramo. Comprometida com a educação sobre práticas de bronzeamento seguro, ela é uma defensora do jet bronze como uma alternativa inovadora e saudável aos métodos tradicionais de bronzeamento.

Sobre o autor

Portal de Notícias sobre esporte, saúde, e bem-estar. Uma fonte de Informações a partir de pesquisas científicas nas áreas de ortopedia, medicina esportiva, fisioterapia e tratamentos coadjuvantes.

Dúvidas e Comentários

Espaço para que você possa deixar suas dúvidas e comentários, que serão respondidas pelos nossos Especialistas.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Enxaqueca oftálmica – Entende as causas, sintomas e tratamento

Entenda a importância de saber distinguir entre uma enxaqueca comum e uma enxaqueca derivada da visão.

Leia mais

Bariátrica estabiliza nível cognitivo, diz estudo

Estudo revela que a cirurgia bariátrica pode ajudar no longo prazo a estabilizar o nível cognitivo

Leia mais

5 Dicas para as empresas colaborarem com ambientes de trabalho mais saudáveis

Estudo mostra que 33% dos funcionários brasileiros têm algum tipo de transtorno mental

Leia mais