Dermatologia

Chocolate causa espinhas?

Escrito por:Redação SO.U + Bem Estar |

Médica especialista em estética compartilha dicas para consumo durante a Páscoa

Com a temporada de Páscoa se aproximando, surge a questão sobre o impacto do consumo de chocolate na saúde da pele. Embora seja frequentemente associado a problemas como a acne (desenvolvendo espinhas) e geralmente não seja considerado um alimento saudável, o chocolate pode surpreender quando consumido com moderação e na forma correta. A Dra. Fernanda Nichelle, médica especializada em estética, esclarece que o chocolate nem sempre é prejudicial para a pele.

“O chocolate amargo, por exemplo, possui propriedades antioxidantes e umectantes, o que pode contribuir para manter a hidratação natural da pele, deixando-a mais suave e radiante”, explicou a especialista. Além disso, ela ressalta que o chocolate também pode ser utilizado em cuidados com a pele e até mesmo nos cabelos, dependendo do tipo de pele de cada pessoa e recomenda o consumo diário de até 30 gramas de chocolate amargo.

Chocolate causa espinhas

© Dean Drobot via Canva.com

A diferença crucial entre os benefícios e malefícios do chocolate para a pele está na concentração de cacau presente. “Chocolates ao leite, ricos em gordura e açúcar, podem agravar a acne, enquanto aqueles com uma concentração de cacau acima de 70% são mais benéficos e devem ser consumidos com moderação”, esclareceu a Dra. Fernanda.

Veja também: Páscoa chegando! Saiba como comer chocolate e não prejudicar a pele

Ela ainda enfatizou que o chocolate branco é o menos indicado para a saúde da pele. “O chocolate branco, devido ao alto teor de gordura hidrogenada e ausência de cacau, não oferece benefícios para a saúde e pode aumentar a oleosidade da pele, contribuindo para o surgimento de acne e aumentando o risco de problemas cardiovasculares. Portanto, é recomendável substituir o consumo de chocolate branco pelo chocolate amargo”, concluiu a especialista.

Fonte: Dra. Fernanda Nichelle | Médica, atua exclusivamente na área estética e está à frente da Clínica Fernanda Nichelle. Atualizações na Universidade de Harvard e Universidade de Michigan.
CRM/RS: 36.168 CRM/SP: 154.072 | @drafernandanichelle

Sobre o autor

Portal de Notícias sobre esporte, saúde, e bem-estar. Uma fonte de Informações a partir de pesquisas científicas nas áreas de ortopedia, medicina esportiva, fisioterapia e tratamentos coadjuvantes.

Veja também

A relação entre a obesidade e a depressão é complexa e multifacetada

A complexa interligação entre obesidade e depressão destaca-se por fatores biológicos, estresse, estigma social, estilo de vida e a gestão desafiadora da saúde, exigindo abordagens holísticas para um bem-estar completo.

Leia mais

Suplementos: Quando se deve usar no dia a dia? Confira as indicações e a importância deles

Dra. Sylvia Ramuth do Emagrecentro explica quais os tipos de suplementação e cuidados para o uso

Leia mais

Jiu Jitsu além do esporte: conheça a arte marcial com benefícios mentais

Esporte de origem japonesa que contém uma série de vantagens para o corpo e alma

Leia mais