Dermatologia

Alergias de maquiagens de Halloween

Escrito por:Redação SO.U + Bem Estar |

Dermatologista alerta para o perigo das tintas, sprays e maquiagens.

Dia das Bruxas ou Halloween, é marcado por fantasias e rostos pintados para entrar no clima, mas os cuidados com a pele não tiram folga e, se não usadas corretamente, podem causar alergias, irritações e envelhecimento precoce.

 

A Dra. Adriana Vilarinho, dermatologista, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) e da Academia Americana de Dermatologia (AAD) revela que, ao utilizar maquiagens irregulares ou produtos não apropriados para pele tais como glíter, tintas, lápis não adequados para pintura facial, há uma possibilidade da pele absorver substâncias tóxicas e acumular resíduos irritadiços, que pode culminar no aparecimento de irritações e até mesmo alergias mais graves.

 

A orientação da médica é utilizar produtos hipoalérgicos, com uso aprovado para face ou cabelos. Ainda, não esquecer de usar sempre uma água termal e/ou hidratante leve ao menos 10 minutos antes da aplicação.

 

“Na hora de fazer uma pintura diferente, é essencial usar esponjas e lápis macios, sem esquecer de observar a validade dos produtos”, aconselha.

Alergias de maquiagens de Halloween

O grande perigo é que sintomas de reação alérgica à alguns produtos geralmente não são imediatos. “O inchaço e a vermelhidão costumam aparecer com o uso cumulativo, associação com medicamentos e/ou exposição à luz.

Sinais e sintomas podem aparecer até 24h depois do uso”, explica Dra. Adriana, que acrescenta: “se o paciente notar irritação na pele e/ou vergões vermelhos, o mesmo deve procurar imediatamente um médico,uma vez que, como toda lesão em medicina, agrava com o tempo e alguns hábitos, tais como exposição à luz, coceira e outros.”

 

A gravidade das reações varia individualmente e também de acordo com o tipo de química ao qual foi exposto. “Crianças, que possuem a pele mais fina e sensível, são mais suscetíveis à intoxicação e irritações, sendo necessário consultar-se de forma precoce para que sejam tomadas as devidas providências para cada caso”, destaca.

 

E os alertas não param por aí, mesmo a maquiagem segura e indicada para uso, pode prejudicar a oxigenação, ressecar a pele, e causar acne e alergias, seja por uso indiscriminado, em local não indicado ou sem limpeza adequada. A médica enumera dicas:

 

 

1- Excesso de lápis preto na linha d’água dos olhos

O lápis preto na linha d’água em excesso, pode deixar o olhar pesado e intensificar a área das olheiras, que podem ficar mais escuras e marcadas.

 

2- Pesar a mão na base de cobertura

No intuito de esconder todas manchinhas, espinhas e cravos, muita gente acaba exagerando na quantidade de produto, predispondo a acúmulo de resíduos e acne.

O ideal é utiliza uma cobertura mais líquida, que penetra menos que o pó, e de origem mineral, prescrita pelo seu médico. Não esquecer de lavar com frequência a esponja e/ou pincéis.

A aplicação sequencial de várias camadas de produtos “saturaram” a pele e conferem um aspecto craquelado à mesma. É necessário ao menos 10 minutos entre as aplicações para que a pele consiga absorver cada produto.

 

3- Batom acumulado ou craquelado nos lábios

Acúmulo de produto ou lábios ressecados conferem uma aparência mais envelhecida. Ainda, se na aplicação a mulher não consegue atingir um delineado linear, pode ser um sinal de atrofia labial, onde há perda de contorno, o que pode ser melhorado com preenchimento labial.

 

4- Sobrancelhas muito marcadas ou preenchidas envelhecem o olhar

Sobrancelhas grossas e bem preenchidas estão na moda entre as mulheres e realmente entregam um olhar mais sedutor, mais amplo e mais aberto. Contudo, exagerar no contorno e no preenchimento dos fios pode dar um aspecto falso e deixar o olhar pesado.

 

5- Cuidado ao retirar pomadas e fixadores de cabelos

Uma lavagem incorreta pode provocar irritações nos olhos caso haja contato dos produtos com a região ocular.

Fonte:

Dra Adriana Vilarinho

Dermatologista, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia e da AAD – Academia Americana de Dermatologia. CREMESP 78.300/ RQE – SP 27.614

Veja também: Halloween: porque o ser humano gosta de sentir medo?

Sobre o autor

Portal de Notícias sobre esporte, saúde, e bem-estar. Uma fonte de Informações a partir de pesquisas científicas nas áreas de ortopedia, medicina esportiva, fisioterapia e tratamentos coadjuvantes.

Veja também

Riscos da divulgação de “antes e depois” de procedimentos estéticos

Cirurgião plástico Josué Montedonio adverte sobre riscos da divulgação de "antes e depois" de procedimentos estéticos

Leia mais

Preliminares: Entenda a importância para o corpo feminino

Você sabe por que uma mulher precisa de preliminares no momento do sexo?

Leia mais

Veja 4 produtos essenciais para se ter na rotina de skincare da pele madura

Entenda quais são esses produtos e o benefício de cada um deles para a pele

Leia mais