Saúde Mental

Dia do Amor: Saiba como curtir acompanhado ou sozinho

Escrito por:Redação SO.U + Bem Estar |

Especialistas falam sobre importância da comemoração da data

Nesta Quarta-feira de Cinzas (14), também é comemorado o Dia do Amor, já que coincide com a comemoração do Dia dos Namorados em vários países ao redor do mundo.

 

Para quem está em um relacionamento saudável, é uma data de celebração. O psicólogo Alexander Bez, especialista em relacionamentos, afirma que é uma boa data para que os parceiros reforcem os laços conjugais, expressando seu sentimento e sua consideração um pelo outro.

 

“Não há uma obrigatoriedade de celebrar a data, porém, isso pode ser muito importante para as pessoas que estão em um relacionamento. O que importa não é como será comemorado e sim a intenção de renovar os laços e celebrar a relação.”, Bez diz.

 

Já Renata Fornari, especialista em autoconhecimento, alerta que datas como essa podem ser mais desafiadoras para quem não está em um relacionamento, mas gostaria de estar, ou não está em uma relação saudável.

 

Ela explica que muitas dessas pessoas acabam investindo tempo em questões que não trarão resultados: “Por exemplo, se você está solteiro e buscando um relacionamento, sair desesperadamente à caça de um amor raramente resultará em um relacionamento saudável, pois indica carência de amor. E se você está carente de amor, falta o amor próprio, o que é absolutamente essencial e o primeiro passo para viver um relacionamento saudável de verdade.”

Dia do Amor Saiba como curtir acompanhado ou sozinho

Foto: Divulgação/Internet

Quando duas pessoas possuem a consciência de que a carência interna de amor jamais será preenchida por outra pessoa, elas transbordam e crescem juntas.

 

Dessa maneira, se você está em um relacionamento que não te faz bem, reflexões profundas sobre a viabilidade da relação são importantes, mas sempre há a questão do amor próprio a ser trabalhada, pois os relacionamentos refletem a relação mais importante que temos: a relação com nós mesmos.

 

“Não estou dizendo que trabalhar o amor próprio resolverá todos os problemas em um relacionamento ruim, mas sempre há benefícios em fazê-lo: ou o parceiro atual sai para abrir espaço para alguém mais compatível, ou o relacionamento atual melhora. Essa é a única receita que considero válida nesse contexto.”, Renata orienta.

 

No Dia do Amor, comemore se estiver em um relacionamento ou não. Caso não esteja, celebre você mesmo! Curta momentos sozinho fazendo o que gosta e se dê presentes. Curta o Dia do Amor com a pessoa mais importante da sua vida: você.

Veja também: Dor de cotovelo não é só ciúme

Sobre o autor

Portal de Notícias sobre esporte, saúde, e bem-estar. Uma fonte de Informações a partir de pesquisas científicas nas áreas de ortopedia, medicina esportiva, fisioterapia e tratamentos coadjuvantes.

Veja também

A relação entre a obesidade e a depressão é complexa e multifacetada

A complexa interligação entre obesidade e depressão destaca-se por fatores biológicos, estresse, estigma social, estilo de vida e a gestão desafiadora da saúde, exigindo abordagens holísticas para um bem-estar completo.

Leia mais

Suplementos: Quando se deve usar no dia a dia? Confira as indicações e a importância deles

Dra. Sylvia Ramuth do Emagrecentro explica quais os tipos de suplementação e cuidados para o uso

Leia mais

Jiu Jitsu além do esporte: conheça a arte marcial com benefícios mentais

Esporte de origem japonesa que contém uma série de vantagens para o corpo e alma

Leia mais