Saúde & Bem Estar

Ar condicionado de modo seguro

Escrito por:Redação SO.U + Bem Estar |

Uso ferquente do aparelho pode provocar ressecamento das vias aéreas, resfriados e até desencadear doenças respiratórias como rinite, sinusite e pneumonia, mas há como usar ar condiconado e ventilador sem causar danos à saúde.

Se o calor não tem dado trégua e o uso do ar condicionado se tornou item de primeira necessidade, o médico otorrinolaringologista Bruno Borges de Carvalho Barros, da capital paulista, explica como fazer isso de maneira segura para garantir a saúde respiratória nos dias tão quentes.

 

  1. Excesso de exposição: O médico conta que ficar exposto por muito tempo ao ar condicionado sem os devidos cuidados, pode causar problemas para a saúde. “Isso pode provocar ressecamento das vias aéreas, causando sangramento nasal, além de favorecer o aparecimento de resfriados e crises de rinite alérgica”, alerta Dr. Bruno.
  2. Falta de limpeza e higienização: Tanto ar condicionado, quanto ventiladores sujos fazem com que os ar que sai dos aparelhos jogue no ambiente ácaros, fungos e bactérias. Por isso, ele afirma que é necessário realizar a limpeza externa dos aparelhos e fazer a manutenção anual do filtro do ar-condicionado, seja da casa, do escritório ou do carro.
  3. Entra e sai: A diferença entre a temperatura externa e interna do ambiente pode ser prejudicial já que o corpo demora algumas horas para se adaptar às oscilações. “A dica é nunca ligar o ar condicionado com a menor temperatura possível, o ideal é que o ambiente esteja sempre na casa dos 23º C, que é a norma estabelecida pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa)”, orienta o médico.
Ar condicionado de modo seguro

©AndreyPopov via Canva.com

Veja também: O que o excesso de calor causa no cérebro dos atletas

Como proteger as vias respiratórias: As mucosas do nariz e da boca agem como defesa do organismo contra bactérias e poeira, mas precisam estar hidratadas para isso – que é o que não acontece quando há exposição ao ar condicionado ou ao ventilador. “Sem essa capacidade de proteção, as chances de gripes, resfriados, rinite, sinusite, pneumonia e outros problemas respiratórios aumentam e, com as vias aéreas ressecadas pode acontecer os sangramentos nasais. A dica é fazer hidratação frequente com soro fisiológico 0,9% que pode ser aplicado diretamente nas narinas algumas vezes ao dia e aumentar a ingesta de água.

FONTE: Bruno Borges de Carvalho Barros, Médico especialista em otorrinolaringologia pela Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e cirurgia cervico-facial. Mestre e fellow pela Universidade Federal de São Paulo.

 

Sobre o autor

Portal de Notícias sobre esporte, saúde, e bem-estar. Uma fonte de Informações a partir de pesquisas científicas nas áreas de ortopedia, medicina esportiva, fisioterapia e tratamentos coadjuvantes.

Veja também

Lipedema: No mês de conscientização a SBACV reforça o cuidado vascular da mulher

Condição que acomete 10% da população feminina acende alerta sobre importância da informação e consultas com especialistas adequados

Leia mais

Riscos da divulgação de “antes e depois” de procedimentos estéticos

Cirurgião plástico Josué Montedonio adverte sobre riscos da divulgação de "antes e depois" de procedimentos estéticos

Leia mais

Preliminares: Entenda a importância para o corpo feminino

Você sabe por que uma mulher precisa de preliminares no momento do sexo?

Leia mais