Saúde & Bem Estar

‘Anywhere office’: modelo ainda é tendência, mesmo com a volta ao presencial

Escrito por:Redação SO.U + Bem Estar |

À medida que mais empresas anunciam o retorno ao escritório, colaboradores resistem à mudança e consideram até pedir demissão;

Três anos após o início da pandemia, que forçou trabalhadores de todos os setores a adotarem o trabalho remoto em tempo integral, o cenário está passando por uma transformação significativa. Segundo dados da consultoria PwC, apenas 9% dos profissionais no país atualmente continuam a trabalhar integralmente de forma remota. A Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNAD Contínua) demonstra que 9,5 milhões de pessoas estavam engajadas no trabalho remoto em 2022.

 

À medida que cada vez mais empresas estão retornando ao modelo presencial, profissionais das mais diversas áreas e níveis hierárquicos, estão optando por pedir demissão em vez de trabalhar alguns ou até todos os dias no escritório. Blackrock, Snap e Walt Disney são algumas das companhias que voltaram a exigir que os trabalhadores compareçam ao escritório, por exemplo.

Anywhere office

Toda essa mudança tem feito com que os trabalhadores busquem por oportunidades ‘anywhere office’, ou “escritório em qualquer lugar”, em tradução livre. O conceito amplia a ideia de home office, já que permite ao indivíduo trabalhar de qualquer lugar do mundo, desde que tenha acesso à internet e às ferramentas da empresa.

 

De acordo com a pesquisa “Panorama do Bem-Estar Corporativo 2024”, realizada pelo Gympass, os colaboradores que trabalham de onde preferem são os que relatam níveis mais altos de bem-estar de maneira geral. 87% dos trabalhadores dizem que sairiam de uma empresa que não prioriza o bem-estar.

 

Apesar da tendência de retorno ao trabalho presencial e do crescente número de empresas seguindo esse caminho, muitas delas ainda estão mantendo o modelo “Escritórios em Qualquer Lugar”. É o caso da HubMe, uma plataforma de Marketing Ágil que conecta empresas de diversos setores e tamanhos a profissionais de elite nas áreas de marketing e comunicação. Com apenas 10 colaboradores, a startup optou por manter sua equipe 100% remota. O fundador, Fabio S. Rodrigues, compartilhou sua visão: “Muitas áreas possibilitam o trabalho remoto, e eu o apoio totalmente. O trabalho remoto e o modelo híbrido contribuem para a felicidade e a produtividade dos funcionários. Para mim, é o modelo do futuro”.

 

Profissões que mais possibilitam o trabalho remoto

 

Atualmente, existem muitas profissões que possibilitam o trabalho Anywhere office. De acordo com os dados da plataforma Cortex, a maioria das vagas remotas vêm do setor de tecnologia e serviços. Ainda de acordo com a pesquisa da Pnad, cerca de 1,5 milhão de pessoas trabalhavam por meio de plataformas digitais e aplicativos de serviços.

 

Entre as profissões mais propensas ao trabalho remoto, encontram-se áreas relacionadas ao desenvolvimento pessoal e profissional, bem como profissionais de comunicação e marketing, como designers, produtores de conteúdo e Relações Públicas, que têm maior flexibilidade neste aspecto.

Fábio destaca: “Atualmente, estamos presentes em todo o território nacional, conectados a um ecossistema com mais de 1,6 mil freelancers cadastrados e atendendo a mais de 100 marcas. E isso só é possível graças às possibilidades do trabalho remoto”.

 

A HubMe foca em agregar prestadores de serviços como Publicitários, Social Media, Relações Públicas, Redatores, Fotógrafos, Diretores de Arte e profissionais de Marketing, no geral. Muitos desses profissionais estão conseguindo atender clientes em diferentes cidades e até países – e, afinal, quem não sonha em ganhar em dólar?

Veja também: Síndrome de burnout: como as empresas podem prevenir e lidar com o tema

Sobre a HubMe

A HubMe é uma empresa de marketing ágil que ajuda pequenas e médias empresas a escalarem suas iniciativas por meio de profissionais qualificados que oferecem serviços de marketing e comunicação de alta qualidade no modelo “as a service” (sob demanda). Com a HubMe, as empresas podem ter acesso a uma ampla curadoria de profissionais e a um sistema integrado para gerenciar todo o ciclo de trabalho de um projeto. Por outro lado, prestadores de serviço autônomos – freelancers – desfrutam de uma maior rentabilidade, segurança e acesso a projetos com os quais podem contribuir.

Para obter mais informações, acesse: https://hubme.app/

 

Sobre o autor

Portal de Notícias sobre esporte, saúde, e bem-estar. Uma fonte de Informações a partir de pesquisas científicas nas áreas de ortopedia, medicina esportiva, fisioterapia e tratamentos coadjuvantes.

Veja também

A relação entre a obesidade e a depressão é complexa e multifacetada

A complexa interligação entre obesidade e depressão destaca-se por fatores biológicos, estresse, estigma social, estilo de vida e a gestão desafiadora da saúde, exigindo abordagens holísticas para um bem-estar completo.

Leia mais

Suplementos: Quando se deve usar no dia a dia? Confira as indicações e a importância deles

Dra. Sylvia Ramuth do Emagrecentro explica quais os tipos de suplementação e cuidados para o uso

Leia mais

Jiu Jitsu além do esporte: conheça a arte marcial com benefícios mentais

Esporte de origem japonesa que contém uma série de vantagens para o corpo e alma

Leia mais