Saúde & Bem Estar

Pensando em praticar yoga? Veja algumas dicas para começar

Escrito por:Redação SO.U + Bem Estar | 9 min

Benefícios da atividade englobam o corpo e a mente

Uma prática milenar que saiu da Índia e conquistou adeptos no mundo todo, o Yoga é, por muitas vezes, visto como uma filosofia de vida. Seus efeitos passam pelos campos espiritual, físico e mental, trazendo incalculáveis benefícios aos praticantes. Em um momento tão desafiador como o que passamos atualmente, com a pandemia da Covid-19, a busca e recomendação por essa modalidade, aumentou.

“Com as técnicas, conseguimos interferir de forma voluntária naquilo que estamos pensando e sentindo. Principalmente com as ferramentas da respiração, que são os pranayamas, o praticante terá ferramentas para que consiga lidar com as adversidades do dia a dia, principalmente nesse momento único”, explica professora Chandra de Rose. Ela ainda diz que a proposta nesse período é trabalhar a saúde mental, em viver o presente e conseguir coordenar e direcionar os pensamentos e sensações. “Não é que você não vai ter os sentimentos, mas vai saber como lidar com eles, conseguindo fazer o direcionamento. Nesse momento de pandemia, a recomendação é praticar sem moderação”.

E os benefícios vão da saúde física à mental, podendo ser, inclusive, imediatos. “Com o treino há resultados incríveis, como controle da respiração e maior oxigenação, alívio do stress e controle da ansiedade, alívio de dores, fortalecimento muscular e flexibilidade articular, descontração e melhor qualidade do sono. Além de mais energia para o dia a dia e a meditação, o be here now, estar presente no aqui e agora, são apenas alguns dos efeitos”, diz a professora.


Com isso, o interesse e vontade começar a praticar aumentou, mas aqueles que nunca tiveram contato com o yoga, têm algumas dúvidas sobre como iniciar. Chandra listou algumas dicas para os interessados:

Liberte-se das expectativas: é importante se livrar das expectativas e daquilo que se imagina ser o yoga, como o pensamento de que são posições difíceis ou só meditação e precisa ter paciência. Deixando essas concepções de lado, permitirá uma melhor vivência da prática.

Escolha o tipo de yoga: há mais de 100 tipos diferentes de yoga, então é importante escolher aquele que mais se adapte a você. Não há um melhor que o outro. Alguns trabalham mais o relaxamento, outros são mais voltados para meditação, outros focam no físico, nas posições, outros que são em salas aquecidas, mas todos são incríveis.

Procure um bom profissional: busque por um professor qualificado, que realmente te oriente, te ouça e te veja, sendo presencial ou online, para que você sinta segurança no que está fazendo.

Ambientação: o yoga é muito versátil, podendo ser praticada mesmo em lugares pequenos, abertos ou fechados, sem necessidade de equipamentos específicos. Se quiser, pode criar um clima buscando um local mais tranquilo e providenciar um tapete, mat ou canga, para evitar escorregar.

Alimentação: o ideal é que haja um intervalo entre 20/30 minutos entre a refeição e o início dos exercícios.

Roupas: use roupas confortáveis, que não estejam nem muito largas ou muito apertadas. Escolha por peças que possibilitem executar os movimentos sentindo-se bem.

Respeite-se: o principal para a prática é ter consciência corporal, respeitando os seus próprios limites.

Ainda, há algumas dúvidas sobre a melhor alimentação para os que querem praticar. A professora explica que não existe uma obrigatoriedade e que, para sentir os benefícios, pode-se manter a alimentação rotineira. “Porém, se há objetivo de alcançar níveis mais profundos, com o estado de hiper consciência e mega lucidez, conhecimento como samadhi no yoda, recomenda-se que o praticante não come carne ou use drogas. Isso inibe a obstrução dos meridianos, que são os canais mais sutis”, diz.

Todas as facilidades para a prática, podendo ser realizada sem equipamentos e em qualquer ambiente, por todas as idades, sem regras de vestuário, e a possibilidade de sentir os efeitos rapidamente são, para Chandra, os principais motivos para a popularidade do yoga no mundo.

 

*Chandra de Rose iniciou sua jornada no yoga ainda criança. Em 2001, aos 18 anos, formou-se em yoga e, desde então, é uma profissional que se dedica a transmitir as técnicas de forma clara aos seus praticantes, possuindo seu estilo próprio de conduzir as práticas, baseado em sua história de vida e em seu desenvolvimento dentro dessa filosofia. Seu objetivo é entregar ferramentas práticas para a concentração, respiração e meditação, aumentando assim a vitalidade e auxiliando na administração do stress e no alívio de dores e tensões do dia a dia.

Sobre o autor

Portal de Notícias sobre esporte, saúde, e bem-estar. Uma fonte de Informações a partir de pesquisas científicas nas áreas de ortopedia, medicina esportiva, fisioterapia e tratamentos coadjuvantes.

Dúvidas e Comentários

Espaço para que você possa deixar suas dúvidas e comentários, que serão respondidas pelos nossos Especialistas.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Dia Universal do Doador de sangue

A hematologista Dra. Maeva Seo Gomes Pinto Fonseca, fala a respeito da importância de ser um doador de sangue

Leia mais

A importância da Vacina no combate a covid 19 e outras doenças

O médico Marcelo Aun traz informações sobre as vacinas e a sua importância no combate a doenças diversas

Leia mais

Plantão #20 – Termografia: Verdades e Mitos

Especialista esclarece verdades e Mitos sobre Termografia e conta sobre os avanços e possibilidades que a tecnologia oferece.

Leia mais