Estética

Manutenção da saúde da pele, conheça os ativos potentes dos bioestimuladores de colágeno

Escrito por:Redação SO.U + Bem Estar |

Procedimento estimula produção de colágeno do próprio corpo

Se o objetivo é proporcionar um procedimento não invasivo, uma excelente opção são os bioestimuladores de colágeno, que colaboram para elevar áreas com perda da sustentação da pele.

A Dra. Natália Madureira, Bióloga Esteta especialista em estética e fisiopatologia humana, trouxe os benefícios desse procedimento que tem ganhado cada vez mais procura para as pessoas que desejam melhorar a autoestima e cuidar da saúde da pele.

Esse procedimento é realizado uma vez ao ano e promove o estímulo do colágeno deixando as áreas aplicadas com aspectos naturais.

“Os bioestimuladores estimulam a produção de colágeno do próprio corpo, ajudando no rejuvenescimento com aspecto mais liso, uniforme e sustentado da pele. Com o tempo, o nosso corpo vai perdendo essa sustentação da pele, pessoas que praticam exercícios físicos e o próprio envelhecimento fazem parte dessa perda. Um procedimento injetável, o bioestimulador vai fazer com que a pele volte a produzir colágeno nas regiões aplicadas. Um processo que deixa a pele mais jovem e mais natural do que preenchedores.” afirma a Dra. Natália.

Manutenção da saúde da pele, conheça os ativos potentes dos bioestimuladores de colágeno

©Capuski de Getty Images Signature via Canva.com

Veja também: Dicas para tratar a pele a partir dos 40 anos

7 principais indicações dos bioestimuladores:

– Áreas que apresentam flacidez: estímulo de produção de colágeno em áreas profundas;
– Estímulo de produção de colágeno em linhas profundas para ajudar a harmonizar o rosto: sulco nasogeniano (bigode chinês) e labiomentual (marionete);
– Amenizar e suavizar linhas de expressão: linhas aparentes quando movimentamos o rosto;
– Tratamento de rugas: estímulo de produção de colágeno para reduzir rugas mais visíveis no rosto;
– Celulite: auxilia na melhora de sustentação da pele e estímulo de produção de colágeno em regiões com mais desníveis;
– Pescoço, dorso das mãos e colo: recuperação da firmeza e elasticidade nas regiões afetadas pela gravidade;
– Flacidez corporal: auxílio na sustentação da pele em regiões abdominais, coxas, braços e glúteos.

“O bioestimulador pode ser realizado em qualquer região. Onde houver flacidez e envelhecimento, podemos fazer. Bioestimulador para o corpo, rosto e pescoço. Os mais comuns são rosto e pescoço.” finaliza a Dra.

Sobre a Dra. Natália Madureira: É Bióloga Esteta especialista em estética e fisiopatologia humana. Mestre formada na Faculdade de Medicina da USP, além de ministrar aulas e cursos, faz procedimentos estéticos, faciais e corporais. | @natimadureira

Sobre o autor

Portal de Notícias sobre esporte, saúde, e bem-estar. Uma fonte de Informações a partir de pesquisas científicas nas áreas de ortopedia, medicina esportiva, fisioterapia e tratamentos coadjuvantes.

Veja também

A relação entre a obesidade e a depressão é complexa e multifacetada

A complexa interligação entre obesidade e depressão destaca-se por fatores biológicos, estresse, estigma social, estilo de vida e a gestão desafiadora da saúde, exigindo abordagens holísticas para um bem-estar completo.

Leia mais

Suplementos: Quando se deve usar no dia a dia? Confira as indicações e a importância deles

Dra. Sylvia Ramuth do Emagrecentro explica quais os tipos de suplementação e cuidados para o uso

Leia mais

Jiu Jitsu além do esporte: conheça a arte marcial com benefícios mentais

Esporte de origem japonesa que contém uma série de vantagens para o corpo e alma

Leia mais