Dermatologia

Rosto de Ozempic? Entenda a flacidez após emagrecimento rápido

Escrito por:Redação SO.U + Bem Estar |

Dermatologista indica os melhores tratamentos estéticos para flacidez após emagrecimento rápido

Após os 30 anos, perdemos de forma natural 1 % de colágeno ao ano. Mas, existem também outros fatores que aumentam essa porcentagem, como: exposição excessiva ao sol e o não uso de protetores solares, a não hidratação da pele através de cremes e ingestão de água, tabagismo e doenças crônicas.

Segundo o Dr. José Roberto Fraga Filho, dermatologista membro Titular da Sociedade Brasileira de Dermatologia e Diretor Clínico da clínica Dermagynus, após o emagrecimento é comum acontecer a flacidez, pois a gordura faz um colchão de sustentação na pele e sem isso ela se torna mais flácida ainda. “Um exemplo bem atual é o uso do medicamento Ozempic para emagrecer. Ele leva à perda de peso de forma rápida, deixando as pessoas com aquele rosto caído, conhecido como “rosto de Ozempic”, comenta o dermatologista.

Flacidez da pele_imagem

Crédito: Freepik

Para a estria, uma cicatriz por estiramento da pele que acontece por crescimento, gravidez e aumento de peso, existem vários tratamentos, entre eles o de forma domiciliar com uso de ácidos e procedimentos como peelings, e o uso de tecnologia como radiofrequência e lasers.

“Na flacidez corporal temos excelentes resultados com procedimentos, entre os que mais se destacam são: aplicação de Bioestimulador de colágeno, Radiofrequência, Ultrassom Microfocado e Laser, tanto ablativos como não ablativos. Lembrando que quando se associa procedimentos a resposta é melhor. Os cremes hidratantes e o protetor solar são preventivos e não curativos no caso da flacidez. Assim, fazem parte do nosso arsenal de tratamento”, destaca Dr. Fraga.

Já uso oral do colágeno sempre foi algo muito questionado na literatura médica. Hoje preconiza-se o uso de alguns como o Verisol e vitaminas como o Silício Orgânico. Lembrando que não formamos novo colágeno, mas sim estimulamos o que já temos que vai diminuindo com o passar dos anos.

Para finalizar, o especialista reforça que o grande segredo para uma vida saudável é a alimentação adequada, hidratação, quantidade de sono ideal, evitar abusos com álcool e cigarro, e finalmente atividade física constante. Com isso não só teremos uma pele saudável como todo nosso organismo.

Veja também: Emagrecimento sustentável: descubra estratégias e dicas para alcançar seus objetivos de peso

Fonte: Dr. Jose Roberto Fraga Filho, Médico Dermatologista, Membro Titular da Sociedade Brasileira de Dermatologia e Cirurgia Dermatológica, Médico Fundador e Diretor Clínico da Clínica Dermagynus desde 1992 | Instagram: @dermagynus

Sobre o autor

Portal de Notícias sobre esporte, saúde, e bem-estar. Uma fonte de Informações a partir de pesquisas científicas nas áreas de ortopedia, medicina esportiva, fisioterapia e tratamentos coadjuvantes.

Dúvidas e Comentários

Espaço para que você possa deixar suas dúvidas e comentários, que serão respondidas pelos nossos Especialistas.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Ansiedade Noturna: Psicólogo ensina estratégias para lidar com preocupações durante o sono

Descubra os sinais, origens e métodos para lidar com esse desafio

Leia mais

SBACV alerta para aumento expressivo de trombose venosa no Brasil e responde se há correlação com a vacinação de COVID-19

Sociedade reforça importância de campanhas de conscientização no país

Leia mais

Revolução silenciosa: 38% dos afastamentos nas empresas são por motivos relacionados à saúde mental

O aumento significativo é atribuído a vários fatores, incluindo o impacto contínuo da pandemia e mudanças rápidas no ambiente de trabalho

Leia mais