Movimento

Cuide de seu ombro

Escrito por:Redação SO.U + Bem Estar | 2 minutos de leitura

Exercícios e hábitos simples ajudam a manter as articulações saudáveis

É importante salientar que as causas das lesões e dores nos ombros são multifatoriais, e podem envolver além de histórico familiar, posturas inadequadas, hábitos indisciplinados e até atividades de risco. Mas alguns cuidados no dia a dia podem ajudar a manter os ombros saudáveis.

Cuide de seu ombro

Melhora e Prevenção:

  • Exercícios de fortalecimento da musculatura são essenciais, não só trabalham e melhoram a ativação da musculatura, mas melhoram a postura corporal.
  • Manter a postura mais ereta possível no dia a dia, e evitar deixar objetos muito pesados no alto, ajudam na prevenção.
  • Cuidado ao dirigir e no trabalho. É importante se posicionar de modo que os ombros não fiquem elevados ou caídos para frente.
  • Realizar movimentos repetitivos exige pausas prolongadas; é importante parar e movimentar os braços, para não forçar os tendões e os músculos.
  • Cuidado na academia: exercícios de musculação necessitam da supervisão de um orientador; no caso de idosos, a carga /peso deve levar em consideração a idade do praticante.
Lembre-se: manter os músculos ao redor da escápula ajudam a estabilizar o ombro e minimizar os riscos de lesões por sobrecarga.

Sobre o autor

Portal de Notícias sobre esporte, saúde, e bem-estar. Uma fonte de Informações a partir de pesquisas científicas nas áreas de ortopedia, medicina esportiva, fisioterapia e tratamentos coadjuvantes.

Dúvidas e Comentários

Espaço para que você possa deixar suas dúvidas e comentários, que serão respondidas pelos nossos Especialistas.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

5 Dicas para as empresas colaborarem com ambientes de trabalho mais saudáveis

Estudo mostra que 33% dos funcionários brasileiros têm algum tipo de transtorno mental

Leia mais

O que fazer ao encontrar dificuldades no acesso a tratamentos de saúde? Entenda!

A advogada Renata Frias, especialista em Direito da Saúde explica sobre a situação que atinge muitos brasileiros

Leia mais

Estrabismo: entenda a condição e a importância do diagnóstico ainda na infância

Comportamentos específicos podem denunciar que há́ desalinhamento entre os olhos nos primeiros anos de vida. A boa notícia é que há́ possibilidade de cura até́ os 8 anos de idade

Leia mais