Saúde & Bem Estar

Durma bem e ative as células T!

Escrito por:Redação SO.U + Bem Estar | 3 minutos de leitura

Veja o que uma noite bem dormida pode fazer por você e sua saúde

Qualquer pessoa que já tenha tido que trabalhar após uma noite em claro – pelas razões que forem – sabe o quão importante o sono é. Mas você sabia que para além do descanso de que todo corpo precisa, o sono fortalece as células do sistema imunológico, as células T?

Não importa a doença, as células T são as células que agem em seu processo de cura, e, por isso, o fortalecimento e a saúde delas são a base do restabelecimento da saúde de qualquer pessoa. Quando as células do corpo reconhecem uma célula infectada por vírus, elas ativam as integrinas, um tipo de proteína pegajosa, que permite que elas se liguem e matem as células infectadas.

Estudo feito pela Universidade de Tübigen, na Alemanha, comparou as células T de voluntários saudáveis que dormiam com as de pessoas que ficavam acordados a noite toda. Foi constatado que nos participantes do estudo que dormiam, suas células T apresentavam níveis mais elevados de ativação de integrinas do que nas células T daqueles que estavam acordados.

É um fato, porém, que a ausência de sono está diretamente ligada a diversos problemas de nossa vida cotidiana: variações de humor, stress, acidentes de trânsito, falhas no ambiente de trabalho. Internamente, a falta de sono pode provocar o aumento da pressão arterial, doenças cardiovasculares e até afetar a regulação de açúcar no sangue.

Uma boa noite de sono também protege contra doenças cardíacas. Um estudo de 2019 feito com ratos descobriu uma conexão entre o cérebro, a medula óssea e os vasos sanguíneos que protege contra o endurecimento das artérias. Este mecanismo só ocorreu em ratos que tiveram um sono de boa qualidade.

Home office

Mas se uma noite bem dormida traz tanto benefícios e a privação faz tão mal, por que várias pessoas ainda insistem em não dormir direito? O fato é que a vida moderna realmente não deixa muito espaço para um boa noite de sono.

O home office, por exemplo, dá uma certa liberdade nos horários de trabalho, mas também pode fazer com que instintivamente não nos atentemos à hora de parar e o próprio stress ao qual todos estamos submetidos também não colabora em nada para que se durma bem.

Isso sem mencionar as telas: celular, computador, televisão e todos os outros estímulos para que fiquemos acordados e mais agitados.

Sim, construímos um modelo de sociedade no qual a hora de dormir não é mais tão importante, mas não há exagero em pensar que se não desacelerarmos, em breve talvez não tenhamos condições físicas de suportar esse ritmo.

Sobre o autor

Portal de Notícias sobre esporte, saúde, e bem-estar. Uma fonte de Informações a partir de pesquisas científicas nas áreas de ortopedia, medicina esportiva, fisioterapia e tratamentos coadjuvantes.

Dúvidas e Comentários

Espaço para que você possa deixar suas dúvidas e comentários, que serão respondidas pelos nossos Especialistas.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Artroscopia de Quadril: entenda o que a técnica cirúrgica pode tratar

Neste artigo, o Dr. Leandro Ejnisman, especialista em ortopedia e traumatologia, esclarece as principais dúvidas a respeito desse método inovador

Leia mais

Os benefícios da prática de natação pós Covid-19

A Dra. Giovanna Sperandio discorre a respeito desse assunto

Leia mais

Maio Amarelo: prevenção é a palavra-chave

Os médicos ortopedistas Dr. Pedro Baches Jorge e Dr. Bruno Takasaki Lee falam a respeito da prevenção de lesões causadas por má-postura ao volante

Leia mais