Ortopedia

Cuidado com o peso da bolsa

Escrito por:Redação SO.U + Bem Estar | 6 min

Carga excessiva pode causar problemas na coluna, pescoço e ombros

Uma pessoa prevenida vale por duas, já diz o ditado. Então, ao sair de casa, é comum carregar tudo aquilo que pode ser necessário durante o dia, normalmente dentro das bolsas femininas. Óculos de sol, remédios, maquiagem, livro, canetas, carteira, entre outros tantos, são alguns dos itens encontrados no acessório. E, consequentemente, o peso carregado vai aumentando. Mas, é necessário cuidado, para que a carga elevada não cause problemas à saúde.

“O peso carregado diariamente nas bolsas pode desencadear diversos problemas, atingindo coluna, ombros, pescoço, quadril e braços”, alerta o ortopedista Dr. João Polydoro, especialista em ombro e cotovelo da Clínica SO.U.

De acordo com o especialista, ao carregar uma bolsa pesada em um ombro só, gera desequilíbrio na hora de andar: “Com a carga posicionada em um lado só, o corpo tenta, constantemente, recuperar seu equilíbrio natural. E, isso, leva à sobrecarga da região lombar e a um possível quadro crônico de dor e inflamação”, diz. Ainda, os músculos do pescoço ficam mais tensos e doloridos, além de afetar a coluna, tanto cervical quanto torácica. “Nos ombros, é comum causar dores muscular e cervical. É possível, também, haver problemas nas articulações de punhos e cotovelos, quando o acessório é carregado na mão ou apoiado no braço”.

É considerado como ideal que o peso não da bolsa fique entre 7% e 10% do peso da mulher. Ou seja, se é uma pessoa de 60kg, o acessório deve estar entre 4,2kg e 6kg. Ainda, modelos transversais e mochilas são mais aconselhados, por proporcionarem uma distribuição melhor da carga levada.

Podendo atingir a postura e ocasionar males como rigidez do pescoço e, até mesmo, hérnia de disco, o ortopedista listou algumas dicas para evitar carregar muito peso nas bolsas e prevenir problemas futuros:

• Procure alternar o ombro que carrega o acessório

• Liste e carregue somente os itens indispensáveis

• Escolha uma bolsa feita de um material leve

• Organize os itens dentro da bolsa, para que não fiquem pendendo em um lado só

• Escolha modelos menores, que impossibilitem levar muitos objetos

• Organizar o chaveiro, deixando somente as chaves essenciais

• Use embalagens menores para carregar cosméticos

• Não levar livros e cadernos

 

*Dr. João Polydoro é especialista em Ombro e Cotovelo. Possui graduação em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo. Atualmente é ortopedista vinculado a sociedade brasileira de ortopedia e traumatologia, especialista em cirurgia de ombro e cotovelo e membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia de Ombro e Cotovelo (SBCOC) e da Sociedade Brasileira de Artroscopia e Trauma do Esporte (SBRATE), formado pela Santa Casa de Misericórdia de São Paulo no Departamento de Ortopedia e Traumatologia Pavilhão Fernandinho Simonsen onde é membro do Grupo de Trauma do Esporte. Atua em diversos hospitais entre eles a Santa Casa de Misericórdia de São Paulo, Cirurgião de Ombro e Cotovelo do núcleo avançado de Cirurgia de Ombro e Cotovelo do Hospital Sírio Libanês e como Cirurgião de Ombro e Cotovelo do Hospital Alemão Oswaldo Cruz onde também atende na retaguarda do Hospital.

Sobre o autor

Portal de Notícias sobre esporte, saúde, e bem-estar. Uma fonte de Informações a partir de pesquisas científicas nas áreas de ortopedia, medicina esportiva, fisioterapia e tratamentos coadjuvantes.

Dúvidas e Comentários

Espaço para que você possa deixar suas dúvidas e comentários, que serão respondidas pelos nossos Especialistas.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Maio Amarelo: prevenção é a palavra-chave

Os médicos ortopedistas Dr. Pedro Baches Jorge e Dr. Bruno Takasaki Lee falam a respeito da prevenção de lesões causadas por má-postura ao volante

Leia mais

Dia Mundial de Combate a Asma; entenda mais sobre a condição

O Dr. Marcelo Vivolo Aun comenta a respeito da data e da sua relevância para as pessoas que convivem com essa síndrome.

Leia mais

Você sabe o que é ombro de nadador?

Mesmo sendo um dos esportes de baixo impacto é preciso ter atenção.

Leia mais