Podcasts

Pediatria nutricional: alimentação saudável, receitas e hábitos vitais para crianças

Escrito por:Redação SO.U + Bem Estar |

Entenda aimportância da pediatria nutricional e confira dicas para uma alimentação saudável, receitas nutritivas e hábitos vitais que podem ajudar as crianças a crescerem com saúde.

Entenda aimportância da pediatria nutricional: a nutrição desempenha um papel fundamental no desenvolvimento e no bem-estar de crianças e adolescentes. Uma alimentação adequada durante a infância não apenas ajuda a construir a base para uma vida saudável, mas também pode influenciar positivamente os hábitos alimentares.

Ao longo da vida, o corpo passa por diversas fases. Dentre elas existe um período de crescimento e desenvolvimento intenso que necessita de aliados, como é o caso da nutrição. Ela é uma peça-chave para o sucesso desse processo.

Neste artigo, exploraremos a importância da pediatria nutricional, fornecendo dicas para uma alimentação saudável, receitas nutritivas e hábitos vitais que podem ajudar as crianças a crescerem com saúde.

Vamos lá?

Qual é a importância da pediatria nutricional?

A pediatria nutricional é uma disciplina médica dedicada ao estudo e ao cuidado da nutrição infantil. Ela visa garantir que as crianças recebam os nutrientes necessários para um crescimento e desenvolvimento saudáveis.

A infância é uma fase crítica para o desenvolvimento físico e cognitivo, e a nutrição desempenha um papel crucial nesse processo. Um equívoco na nutrição nessa fase pode ter implicações de longo prazo no aprendizado e no desenvolvimento intelectual.

Além disso, a pediatria nutricional é fundamental na prevenção e no tratamento de problemas de saúde comuns na infância, como a obesidade infantil, deficiências nutricionais e distúrbios alimentares.

Veja também: Alimentação do bebê: O que pode e o que não pode?

 

Quais são os nutrientes essenciais para as crianças?

As crianças precisam de uma variedade de nutrientes para crescerem e se desenvolverem adequadamente. Contudo, cada pessoa poderá ter uma necessidade distinta. Por conta disso, ter o acompanhamento de um profissional qualificado é essencial.

Mas, de forma geral, veja alguns dos nutrientes fundamentais para uma dieta equilibrada:

Proteínas

As proteínas desempenham um papel essencial no crescimento e desenvolvimento de crianças e adolescentes. Elas estão envolvidas em uma ampla variedade de funções vitais, desde o desenvolvimento muscular e ósseo até o fortalecimento do sistema imunológico.

Além disso, as proteínas atuam como transportadoras de nutrientes, reguladores de reações químicas e promotoras de saciedade, desempenhando um papel crucial na manutenção da saúde infantil.

Carboidratos

Os carboidratos desempenham um papel crucial na dieta infantil, sendo a principal fonte de energia para crianças e adolescentes em crescimento. Esses nutrientes fornecem o combustível necessário para as brincadeiras, atividades físicas e processos metabólicos que ocorrem no corpo das crianças.

Eles também desempenham um papel vital na saúde cerebral, pois são a principal fonte de glicose, que é o combustível preferido para um cérebro em desenvolvimento. Portanto, garantir que as crianças recebam carboidratos complexos, como grãos integrais, frutas e vegetais, é essencial.

Vitaminas e minerais

Vitaminas e minerais desempenham papéis vitais no desenvolvimento dos sistemas imunológico, ósseo e circulatório das crianças. Garantir uma dieta rica nesses nutrientes é fundamental para apoiar o crescimento e a saúde das crianças.

Contudo, para qualquer ingestão de vitaminas ou minerais, é importante consultar um profissional de saúde ou nutricionista. Não inicie uma suplementação infantil antes de saber as reais necessidades daquela criança.

Fibras

As fibras contribuem para a saúde gastrointestinal e o bem-estar das crianças. Elas promovem uma digestão saudável, prevenindo problemas intestinais como constipação, ao facilitar o trânsito na região.

Além disso, as fibras regulam os níveis de açúcar no sangue, auxiliando no controle da glicemia e contribuindo para a prevenção de picos de açúcar após as refeições. Incluir alimentos ricos em fibras, como frutas, vegetais, leguminosas e grãos integrais, na dieta das crianças é essencial.

Gorduras Saudáveis

As gorduras saudáveis são essenciais para o desenvolvimento do cérebro, sendo um componente fundamental das membranas celulares do sistema nervoso central. Além disso, as gorduras saudáveis desempenham um papel significativo na absorção de vitaminas lipossolúveis.

Fontes de gorduras saudáveis incluem abacates, nozes, sementes, azeite de oliva e peixes gordurosos, como o salmão.

Quais são as principais dicas para uma alimentação saudável para crianças?

Promover uma alimentação saudável para as crianças pode ser um desafio, especialmente em um mundo cheio de opções alimentares processadas e altamente calóricas. Aqui estão algumas dicas para ajudar os pais a cultivarem hábitos alimentares saudáveis em seus filhos:

  • Seja um exemplo: as crianças frequentemente imitam os adultos à sua volta. Portanto, é fundamental que os pais adotem hábitos alimentares saudáveis, demonstrando o valor de uma dieta equilibrada.
  • Inclua diversidade: ofereça uma variedade de alimentos para garantir que a criança receba todos os nutrientes necessários;
  • Evite alimentos processados e açucarados: limite o consumo de alimentos processados. Opte por alternativas mais saudáveis, como frutas frescas, iogurte natural e lanches caseiros;
  • Mantenha um horário regular de refeições: essa atitude ajuda as crianças a desenvolverem hábitos alimentares saudáveis e evita lanches excessivos entre as refeiçõe;
  • Envolva as crianças no preparo: isso pode aumentar o interesse delas pela comida e incentivá-las a experimentar novos alimentos.

Veja 5 combinações de alimentos saudáveis é possível incluir na dieta

Uma maneira eficaz de promover uma alimentação saudável para as crianças é preparar refeições caseiras nutritivas e fugir dos industrializados. Aqui estão algumas receitas que combinam sabor e valor nutricional:

1. Sanduíche de peru e abacate

Este sanduíche é uma excelente fonte de proteínas e gorduras saudáveis. Use pão integral, peru magro, abacate, alface e tomate para criar um almoço delicioso.

2. Wrap de frango e vegetais

Envolva pedaços de frango grelhado, cenoura ralada, pepino e alface em uma tortilla de trigo integral. Adicione molho de iogurte com ervas para um toque de sabor.

3. Smoothie de frutas e espinafre

Prepare um smoothie rico em nutrientes misturando espinafre fresco, banana, morangos e iogurte natural. Adoce com um pouco de mel, se necessário. Você também pode congelar as frutas para deixar a bebida mais cremosa.

4. Mini pizza de grãos integrais

Crie mini pizzas saudáveis usando pães de grãos integrais ou mesmo uma massa caseira como base. Cubra com molho de tomate, queijo e vegetais coloridos.

5. Bolinhos de aveia e banana

Faça bolinhos de aveia e banana com apenas dois ingredientes: aveia e bananas maduras. Eles são uma alternativa saudável para doces e lanches processados.

Existem hábitos que devem ser cultivados desde os primeiros anos de vida para que isso reflita na saúde da criança e do futuro adulto. Dentre os principais, estão: hidratação, atividade física, sono adequado, limitação de telas e higiene pessoal, por exemplo.

Como pais e responsáveis, é nosso dever fornecer as ferramentas necessárias para que as crianças cultivem hábitos alimentares positivos desde cedo, para que sejam preparados para uma vida adulta saudável e vibrante.

Veja também: Guia dos Marcos do Desenvolvimento Infantil: conheça as fases e expectativas de cada idade

Sobre o autor

Portal de Notícias sobre esporte, saúde, e bem-estar. Uma fonte de Informações a partir de pesquisas científicas nas áreas de ortopedia, medicina esportiva, fisioterapia e tratamentos coadjuvantes.

Veja também

Importância de cuidar da saúde e evitar doenças

Especialista explica a importância de cuidar da saúde e evitar doenças e falta de qualidade de vida

Leia mais

Lipedema: No mês de conscientização a SBACV reforça o cuidado vascular da mulher

Condição que acomete 10% da população feminina acende alerta sobre importância da informação e consultas com especialistas adequados

Leia mais

Riscos da divulgação de “antes e depois” de procedimentos estéticos

Cirurgião plástico Josué Montedonio adverte sobre riscos da divulgação de "antes e depois" de procedimentos estéticos

Leia mais