Especialistas

Acupuntura

Escrito por:Profª. Dra. Maria Cecília Pavanel Jorge | 2 minutos de leitura

Terapia complementar à medicina convencional, a acupuntura é eficaz no trato de inúmeras doenças.

Muito se fala nela, mas nem todo mundo sabe exatamente como funcionam suas aplicações. Surgida na China, estima-se, há mais de cinco mil anos, foi somente no século 20 que a acupuntura passou a ser incorporada como complemento terapêutico à medicina tradicional.

Com efeitos comprovados cientificamente por meio de extensas pesquisas no Ocidente, sua base recai na filosofia chinesa de que existe um fluxo de energia que alimenta todos os humanos, e que, em nossos corpos, circula por catorze canais principais, os meridianos. Quando por algum motivo esse fluxo energético é quebrado por má alimentação ou conflitos emocionais, entre outras causas, a doença se instala.

É quando entram em cena as pequenas agulhas que caracterizam a acupuntura. De acordo com a milenar medicina chinesa, sua introdução em pontos sob a pele produz a cura, liberando efeitos analgésicos, anti-inflamatórios e outros processos, antidepressivos, inclusive.

O poder de cura da acupuntura vem dos seus efeitos no sistema nervoso. Isso pode ajudar no efeito analgésico de químicos chamados endorfinas ou ajuda as células do sistema imunológico a combater infecções, de acordo com National Institute of Health, órgão de saúde americano.

Algumas de suas inúmeras aplicações:

  • Efeitos analgésicos;
  • Efeitos anti-inflamatórios;
  • Artrite e Reumatismo;
  • Relaxante muscular;
  • Contraturas musculares e traumatismos;
  • Aplicação ansiolítica: insônia, estresse, ansiedade, depressão em grau leve;
  • Efeitos bronco-dilatadores;
  • Problemas respiratórios como asma, rinite e bronquite;
  • Anomalias circulatórias, efeitos vasodilatadores;
  • Efeito cicatrizante;
  • Acnes;
  • Aumento da imunidade corpórea.

Medicina Tradicional

É importante destacar que a técnica não substitui os tratamentos convencionais, principalmente no caso de problemas mais graves. O ideal é que a aplicação da acupuntura funcione como um tratamento paralelo e complementar à medicina tradicional. É bom lembrar que o princípio da acupuntura não é agir sobre a doença como se fosse um medicamento, mas cuidar do paciente como um todo, harmonizando e equilibrando sua energia. A combinação da acupuntura com a medicina tradicional costuma trazer melhoras significativas para o paciente.

Curiosidades

  • A palavra acupuntura é de origem latina e significa literalmente punção com agulhas.
  • Foi reconhecida como especialidade médica no Brasil, na década de 1990.
  • O tratamento é oferecido pelo SUS e coberto por alguns planos de saúde.
  • Se você tem pavor de agulhas, a acupuntura pode ser usada na forma de laser, sementes, ventosas.

Referências: https://nccih.nih.gov/health/acupuncture

Sobre o autor

Profª Dra. Maria Cecília Pavanel Jorge Professora de Clínica da Universidade de São Paulo ( USP), residência em clínica médica pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). Médica assistente do serviço de clínica geral e propedêutica do Hospital das Clínicas- SP. Médica do corpo clínico do Hospital Sírio Libanês. Clínica SO.U – Unidade Bela Vista R. Barata Ribeiro, 398 - 3º andar - Bela Vista, São Paulo - SP, 01308-000 Tel.: +55 (11) 3258-1706 http://www.clinicasou.com.br

Dúvidas e Comentários

Espaço para que você possa deixar suas dúvidas e comentários, que serão respondidas pelos nossos Especialistas.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Artroscopia de Quadril: entenda o que a técnica cirúrgica pode tratar

Neste artigo, o Dr. Leandro Ejnisman, especialista em ortopedia e traumatologia, esclarece as principais dúvidas a respeito desse método inovador

Leia mais

Os benefícios da prática de natação pós Covid-19

A Dra. Giovanna Sperandio discorre a respeito desse assunto

Leia mais

Maio Amarelo: prevenção é a palavra-chave

Os médicos ortopedistas Dr. Pedro Baches Jorge e Dr. Bruno Takasaki Lee falam a respeito da prevenção de lesões causadas por má-postura ao volante

Leia mais